Vacina febre amarela-Certificado Internacional de Vacinação (CIV)

Quando o assunto são viagens internacionais, existem inúmeras dúvidas, especialmente para quem está fazendo a sua primeira viagem internacional, por isso na publicação de hoje vamos tratar de um assunto bem importante que está relacionado a questão da vacina contra febre amarela e a carteirinha internacional de vacinação.


Viagem para Punta Cana precisa tomar vacina contra febre amarela? Essa é uma dúvida que muitas pessoas tem quando tem como destino as paradisíacas praias de Punta Cana.

Atualização 2017

Com o surto de febre amarela em alguns estados o Brasil, a Republica Dominicana passou a exigir o Certificado Internacional de Vacinação de passageiros provenientes dos estados do Espírito Santo e de Minas Gerais, conforme informações publicadas pela imprensa dominicana, mais detalhes aqui e aqui.

De qualquer forma, para quem está programando uma viagem internacional, não custa nada se prevenir e tomar a vacina contra a febre amarela, afinal ela é gratuita nos postos de saúde, e o Certificado Internacional de Vacinação (CIV) você consegue facilmente na maioria dos aeroportos brasileiros, mais dicas e informações você encontra logo abaixo! Confira e assim você viaja despreocupado(a)!

Informações publicadas em 2015

A República Dominicana, não exige de seus visitantes o Certificado Internacional de Vacinação (CIV) contra a febre amarela. (Exceto de viajantes vindos do Espírito Santo e de Minas Gerais como explicado anteriormente).

Porém existe um detalhe importante que você deve observar com muita atenção!

Caso sua viagem para Punta Cana tenha conexão em algum país que exige o Certificado Internacional de Vacinação e você não o tenha, você poderá ser impedido de realizar o embarque!

O Panamá por exemplo, até o ano passado exigia o certificado, ou seja, quem fosse viajar para Punta Cana com conexão no Panamá deveria possuir tal certificado.

Então preste bastante atenção neste detalhe para não ter dores de cabeça no dia da sua viagem!

De qualquer forma, independente da exigência ou não da vacina, o melhor antes de fazer uma viagem internacional é tomar a vacina contra a febre amarela, caso ainda não tenha tomado, ela é gratuita aqui no Brasil e pode ser obtida em qualquer posto de saúde, basta levar a sua carteirinha de vacinação e solicitar a vacina!

É importante lembrar que a sua carteirinha de vacinação é válida somente dentro do Brasil, ou seja, para comprovar que você esta realmente vacinado contra a febre amarela, é necessário o Certificado Internacional de Vacinação.

Ainda tem dúvidas? Confira o vídeo abaixo sobre a vacina contra febre amarela.

Como ter obter a carteirinha internacional

vacina-febre-amarela-punta-canaConseguir o Certificado Internacional de Vacinação(CIV), é muito simples, depois de tomada a vacina contra a febre amarela e feito o registro em sua carteirinha nacional de vacinação, basta ir pessoalmente até uma unidade da Anvisa levando a sua carteira de vacinação e solicitar a emissão do Certificado Internacional de Vacinação.

E para facilitar essa tarefa, atualmente a ANVISA possui unidades de atendimento na maioria dos grandes aeroportos brasileiros, então é possível solicitar o seu Certificado Internacional de Vacinação no mesmo dia de sua viagem, uma vez que o CIV é emitido na hora, em poucos minutos.

Lembrando ainda que estes postos de atendimento da ANVISA ficam abertos em horário comercial, então caso deseje obter o seu CIV, é importante verificar com antecedência os locais de atendimento e horário de funcionamento, para não correr o risco de encontrar a unidade fechada e ter problemas em sua viagem.

Para saber mais sobre o assunto, postos de atendimento da ANVISA, etc, acesse anvisa.gov.br/viajante/.

Validade do certificado

A validade o Certificado Internacional de Vacinação para febre amarela tem duração de 10 anos, que é prazo da vacina, ou seja, o certificado é emitido com validade relacionada a quando você tomou a vacina.

Então, como é relativamente simples e rápido obter este certificado internacional de vacinação, vale muito apena fazer ele, e assim viajar tranquilo, sem se preocupar com o assunto nos próximos 10 anos!

Ainda ficou alguma dúvida? Tem maiores informações sobre o assunto?

Envie seus comentários abaixo e participe!




Navegue:
2 Comentários

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *